Olá!

Gostou do Blog?

Quer receber atualizações?

Insira seu e-mail:

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Parei de pedalar depois que casei

Se você se identifica com a frase, essa não é mais a desculpa

Por Aluysio Ferreira

São muitas as pessoas que abandonam a prática de esportes ao casarem. Dentre os motivos apontados, um deles é a falta de tempo. Trabalhar e dividir a atenção com esposas e filhos passa a inviabilizar a prática da pedalada para muitos ciclistas. Mas para aqueles que ficam divididos entre passar um tempo com a família e sair pelas trilhas em busca de aventura, uma novidade no mercado pode ajudar a solucionar a dúvida e criar um consenso.

A empresa Próbike lançou recentemente o Bike Trailer, um carrinho adaptado com espaço para até duas crianças que pode ser acoplado à bicicleta. A novidade é voltada para pessoas que possuem filhos e que não querem abandonar o ciclismo. É uma solução simples que incentiva a prática de esportes e propicia interação entre família. O carrinho possui design exclusivo e excelente dirigibilidade. A estrutura suporta crianças de até 45 quilos com segurança. Sua estrutura oferece cinto de segurança 3 pontas e proteção contra chuva. O Trailler é leve (9,750 quilos) e de fácil montagem.

Bike Trailer

Apesar da novidade representar a solução para muitos casos, exageros são dispensados. Com o aparelho acoplado, não convém a prática de MTB caso resolva levar o filhão para a pedalada. O carrinho foi projetado para roteiros pavimentados e descumprir essa regra pode comprometer a segurança de ambos.

Próbike

A Pró Bike é uma empresa brasileira especializada na fabricação de acessórios e equipamentos para a prática da cicloaventura. Qualidade e alta tecnologia são os pilares dos produtos da empresa. A equipe responsável pelo desenvolvimento dos produtos é altamente capacitada e se preocupa, cada vez mais, em desenvolver equipamentos adequados à prática do cicloturismo com segurança e conforto.

Fonte: Blog Bem Vindo Cicloturista


Achei muito interessante esta matéria, eu comecei a pedalar mesmo depois de casar, mas quando a Liza engravidou, eu procurei desesperadamente uma solução para levar o filho junto, e descobri os bike trailers, mas só havia os importados na época. Legal ter um fabricante nacional.

5 comentários:

pinhafixa disse...

Muito massa este reboque, ví muitos na inglaterra, mas lá um motorista chega a se se arrepiar de passar muito próximo de um... já aqui acho um pouco perigoso andar com crianças. Tenho 2 filhas Olavo, a primeira já tem 10 anos e a segunda 20 meses, para ambas usei e uso a cadeirinha do guidom, ficam bem protegidas entre os braços, e não me arrisco a andar no transito. Mas o reboque vale para carregar a tralha, quem sabe um acampamento, né?

Olavo Ludwig disse...

Pois é, meu filho tem 2 anos, domingo último, foi a primeira vez que andamos nas ruas aqui em Porto Alegre, pela manhã e para chegar até o parque Marinha da onde sairia um passeio. Eu levo ele na escolinha de vez em quando, mas ai sempre pela calçada. Na praia, durante as férias, andamos bastante!
Eu acho o reboque legal porque não tira estabilidade da bicicleta, a cadeirinha tira um pouco, mas no meu caso, nem dá para usar cadeirinhas, reclinadas só com reboque. O meu reboque é um charriot feito no Canadá, quando comprei, nem tinha este propike ainda.

Olavo Ludwig disse...

Eu noto que os motoristas respeitam mais quando estou com o reboque, já andei várias vezes só com o reboque para encontrar a esposa e o guri em algum lugar e passear, tipo gasômetro e redenção. O Pessoal me acha muito locou pedalando uma tandem reclinada, sozinho e com um reboque para criança.

pinhafixa disse...

É verdade Olavo, qualquer coisa diferente que aparece parece que as pessoas respeitam mais por chamar a atenção. Cuida bem desse moleque, falo tudo isso por que só de pensar se o dia tivesse bonito e não chuvoso minha filha teria ido no dia fatídico do massacritica e sabe-se la deus...
Por sinal Olavo consegui um video do Ricardo Neis comprando uma bike no big... essa é pra postar em grande estilo hehehe como que faço para postar isso no vadebici? Alguem me passa um link!

Olavo Ludwig disse...

pinhafixa, peguei teu email e te convidei como autor no vadebici.

Seguidores

Imagem Astronômica do Dia