Olá!

Gostou do Blog?

Quer receber atualizações?

Insira seu e-mail:

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Estímulo ao Vegetarianismo

Eu fui vegetaria no por um ano, logo após assistir o documentário "A Carne é Fraca", não aguentei, o churrasco, mais o cheiro do churrasco é tentador demais para mim.

Mesmo assim, sinto-me culpado por comer carne, pois sou consciente do impacto ambiental que o seu consumo trás, alem de toda a crueldade com os animais e o mal que faz a nossa saúde.

Estou num processo lento de voltar ao vegetarianismo, comecei a ler algumas coisas e pretendo começar a fazer umas receitas veganas em breve.

Hoje estava olhando meus e-mail quando vejo um com o título churrasco gaúcho, sou gaúcho e me envergonho de ver essas fotos, coisa horrível esse churrasco, tive hoje mais um estímulo para voltar ao vegetarianismo.

Abaixo as fotos, só olhe se tiver estômago forte:

7 comentários:

Klaus disse...

Comer carne de vaca/boi/búfalo ou qualquer animal excessivamente grande vai contra minha filosofia de vida.

É natural um animal matar o outro para comer. Acontece que nosso atual sistema de criação de animais é totalmente curel com os animais e indiferente em relação a qualidade nutricional.

A criação de animais enormes é, ao meu ver, o maior símbolo da nossa atual cultura do exagero.

Penso que todos deveríamos nos esforçar por um mundo melhor. Para isso basta refletir sobre nossos hábitos com a mente aberta e ver onde posemos diminuir nosso impacto ambiental e como podemos iluminar a mente de outras pessoas para que elas também passem a se importar com a natureza da qual elas fazem parte.

Olavo Ludwig disse...

É isso ai Klaus! Cara, temos que combinar de ir tomar um café vegano lá no Café Bonobo, que é do Marcelo da Massa Crítica.

http://www.cafebonobo.com.br/

Klaus disse...

Nossa, que demais esse Cafe Bonobo!

Vamos sim!! Que tal quarta-feira?

Olavo Ludwig disse...

Tenho que confirmar com a Liza os horários, em princípio sim! Acho que o eixo traseiro da EXD quebrou novamente, estou com o mesmo problema com a correia, o reboque força muito o eixo. Tenho que colocar um cubo de downhill!

MARCÃO disse...

Pois é. Eu bem que tentei. Porém fiquei no máximo 3 meses sem consumir carne. Não fez falta, o problema foi a dificuldade em trabalhando na rua arrumar onde almoçar (dentro do perímetro onde trabalha e o tempo do almoço)e o convivio social com a maioria carnívora. É difífcil manter a decisão quando todos ao redor não o fazem. O que faço é evitar comer carne de outros animais como coelho, ovelha e javali. Me limito ao boi e o frango. Tenho a intenção de um dia abolir estas também. Aplaudo aqueles que já conseguiram.

Maria de Nazareth Agra Hassen disse...

Oi, Olavo. Todo o teu blog é uma delícia de se ler. E fica mais delicioso quando falas em receitas veganas. João e eu também vamos no Massa Crítica e somos veganos. No início é difícil e as dicas dos que já são se tornam essenciais. O Bonobo é um caminho dos mais seguros nesse sentido!
Mas que bacana os demais posts desse tópico. Tudo gente boa que pode fácil fácil abandonar carne e derivados, falta só um empurrãozinho, né? E ciclismo combina muito com outros tipos de consciência!

Olavo Ludwig disse...

Marcus,
realmente exige esforço, e muito, aos poucos quem sabe a gente consegue.

Maria,
obrigado pelas palavras carinhosas,procuro colocar por aqui os assuntos importantes para mim, e compartilhar um pouco do que aprendo por ai. Delícia mesmo é o teu blog "Compram-se Palavras" já estou aprendendo muitas por lá.
http://compram-se-palavras.blogspot.com/

Arquivo do blog

Seguidores